Número de Visitantes

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

2ª Lei da Qualidade de Vida - Contemplar o belo é:


1. Educar a emoção para fazer das pequenas coisas um espetáculo aos olhos.

2. Fazer de cada momento uma vivência mágica.

3. É educar a sensibilidade para entender que as gotas de chuva irrigam as flores e as gotas de lágrimas irrigam a existência.

4. Desvendar as coisas lindas, singelas e ocultas que nos rodeiam.

5. Descobrir o sabor da água, a brisa no rosto, o aroma das flores, o balançar das folhas sob a orquestra do vento.

6. Enxergar o que as imagens não revelam e perceber o que os sons não traduzem.

7.Ver com os olhos do coração.

8.Aprender a ser rico sem ter grande soma de dinheiro. Ser alegre mesmo sem grandes motivos.

9.Viver suavemente, ainda que sobrecarregado com responsabilidades.

10.Ter um romance com a vida. Fazer poesia com a vida, sem escrever palavras.

11.Abraçar as crianças, admirar as pessoas da terceira idade, ter agradáveis conversas com os amigos.

12.Ler um bom livro, viajar por suas páginas, libertar a criatividade. Ouvir uma boa música,
penetrar nos traços de uma pintura, de uma arquitetura. Navegar pelas águas da emoção.

Prof. Augusto Cury 

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

CURSOS - GRUPO MULTI-SER (SEÇÃO-PONTA GROSSA)


MEDITAÇÃO 
Introdução, técnicas diversas,  efeito físicos e psicológicos, relaxamento, visualização;

SAÚDE HOLÍSTICA 
 Pensamentos e emoções, somatização, regras de ouro,
 controle do estresse, leis da qualidade de vida, dossiê alimentação;

AUTOCONHECIMENTO 
Corpo Físico, Mental, Energético;

GOTAS DO EXTREMO ORIENTE
Visão geral e princípios da filosofia oriental;

PARAPSICOLOGIA BÁSICA 
Origem e História da Parapsicologia; Fenômenos Normais e Anormais; Fenômenos Psi, Telepatia, Clarividência;



Cursos e palestras com o Grupo Multi-Ser:

Tel.: 42-9932-6191

E-mail: ong.cidadaoglobal@hotmail.com

1ª Lei da qualidade de vida - Ser Autor da sua História é ser:

 
1.       Capaz de reconhecer a grandeza da vida e da história fascinante que cada ser humano possui inscrita em sua memória.

2.       Capaz de construir e seguir metas claras. Não ter uma vida sem direção.

3.       Capaz de fazer escolhas para atingir suas metas. Ter consciência de que toda escolha implica em perdas e não apenas em ganhos.

4.       Capaz de tomar decisões e corrigir rotas sociais, profissionais e afetivas.

5.       Capaz de reconhecer seus limites, falhas, atitudes incoerentes. Reconhecer suas doenças psíquicas. Ter consciência de que o pior doente é aquele que nega a sua doença.

6.       Capaz de não desistir da vida, mesmo diante das perdas, dificuldades, decepções. Acreditar sempre na vida.

7.       Capaz de ser transparente. Não se esconder atrás do sorriso maquiado, posição social, conta bancária.

8.       Capaz de ter domínio próprio. Não ser controlado pelo ambiente, circunstâncias e conflitos internos.

9.       Capaz de liderar a si mesmo, antes de liderar o mundo de fora.

10.   Capaz de treinar sua inteligência para viver todas as leis da qualidade de vida deste programa. Quem vive essas leis conquista todas as demais características.

Prof. Augusto Cury 

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Um Novo Olhar


O cientista inglês F. David Peat, depois de um trabalho longo e intensivo em física teórica, colocou a novamente em dúvida a visão científica unilateral do mundo até agora em voga.  Disse ele:

Nós construímos nossa vida e nossa civilização sobre uma ilusão; a ilusão de que o eu é a última realidade; de que vir a ser é mais importante do que ser; de que o progresso contemporâneo e finito é mais importante que os ciclos infinitos muito mais sutis; de que a realidade superficial das coisas é mais significativa que a ordem oculta em que ela se baseia.”   

As leis mecanicistas não são suficientes para descrever os acontecimentos complicados da vida. Qual é a energia misteriosa que no processo de evolução dirige a energia para a matéria, transformando a vida em consciência? Qual é a força que dirige o trabalho das abelhas? E qual a força oculta que age na matéria inorgânica, levando certos metais, por exemplo, a tornarem-se supercondutores onde qualquer resistência elétrica desaparece. São exemplos de fenômenos não explicáveis casualmente pelo comportamento dos elétrons ou átomos individuais.

Eles são a expressão de uma ordem muito mais profunda. Desde que não conseguiu mais descrever tais fenômenos como casuais ou lineares, a ciência procura outros caminhos. Ilya Prigogine, físico-químico e prêmio Nobel, desenvolveu a teoria da “estrutura inerente”, que procura explicar muitos fenômenos vitais que seguem uma ordem interior; visão similar a do físico David Bohm, cujo conceito sustenta  a existência de uma “ordem implícita ou inerente”, uma rede  inata que une a realidade física á metafísica.

Tudo está em tudo. O que está em embaixo é como aquilo que está em cima. A vida não tem começo nem fim, nem nascimento nem morte. Axioma de Hermes Trismegistus

Extraído do livro "Do Infinito ao Homem" by Wanderley Xavier

Lição da Borboleta


A maioria dos homens  rasteja como a lagarta, 
Não percebendo nada  além das folhas.
E nada aprende com a história da borboleta, 
Que após hibernar em seu casulo;  

Dele se liberta e finalmente descobre 
A verdadeira dimensão do seu mundo.